Teresa Santana
18/05/2024 às 11:00

Cartão Nomad: como funciona o cartão de débito internacional

Uma dúvida bem comum de quem vai viajar ao exterior pela 1ª vez é em relação ao dinheiro. Afinal, ir para outro país significa utilizar a moeda estrangeira. Por isso, surgiram as contas digitais globais, que tornaram mais fácil e barato enviar ou receber dinheiro no exterior. Uma das contas globais mais famosas é a Nomad, que é a preferida dos viajantes.

Com ela, mesmo morando no Brasil, você pode criar e manter uma conta digital em dólar. Além desta conta, você pode ter o cartão Nomad, um cartão internacional da bandeira Visa amplamente aceito por mais de 180 países. Neste post, iremos falar tudo o que você precisa saber sobre o cartão Nomad. Confira!

O que é um cartão internacional?

Cartão internacional, como o nome indica, é um cartão que é aceito fora do Brasil, por conta da bandeira. Ele apresenta todas as funcionalidades convencionais de um cartão e é possível usá-lo para saque, pagamentos e compras. Mesmo se você estiver no Brasil, pode aproveitar o cartão internacional em compras em sites estrangeiros.

O problema é que há uma cobrança de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) adicional de 5,38% em qualquer compra com cartão de crédito fora do Brasil – seja durante viagens ou importando de sites internacionais.

Em contrapartida, a taxa de IOF no cartão Nomad é de 1,1%. Um percentual bem menor visto que ele é um cartão de débito.

Como funciona o cartão Nomad?

cartão nomad

O cartão Nomad é um cartão de débito vinculado à conta global em dólar emitido pela bandeira Visa. O cartão é aceito em mais de 180 países e compatível com as principais carteiras digitais (Apple Pay, Samsung Pay e Google Pay), permitindo o pagamento com seu celular. Além disso, ele é equipado com a tecnologia contactless, que permite pagamento por aproximação.

Para ter o cartão físico, é necessário pagar uma taxa de US$ 20 para entrega. Mas os clientes que fazem remessas de pelo menos US$ 1.000 em um período de seis meses ganham isenção da taxa. Entregas em endereços dos Estados Unidos também ficam isentos.

A única moeda que a Nomad aceita é o dólar, mas ainda assim dá para usar o cartão Nomad em outros países, visto que ele faz uma conversão automática. Ou seja, se você estiver na Europa ou no Japão, pode usá-lo à vontade.

Veja aqui em quantos países você pode utilizar o cartão Nomad.

Quanto custa o cartão Nomad?

O único custo do cartão Nomad é a entrega, que custa US$ 20. Ficam isentos desta taxa quem fizer uma remessa de US$ 1.000 ou os clientes a partir do nível 2 no programa Nomad Pass.

Como não pagar a taxa de entrega do cartão Nomad?

De forma resumida, há três formas de ganhar isenção da taxa de entrega do cartão Nomad físico. São elas:

  • Pedir para entregar nos Estados Unidos
  • Estar a partir do nível 2 no Nomad Pass
  • Depositar US$ 1.000 dólares em seis meses

Sobre a última opção, o depósito não precisa ser todo de uma vez. Você tem um período de seis meses para completar essa quantia. Ou seja, você pode mandar US$ 200 em um mês, US$ 300 em outro e por aí vai.

Vantagens do cartão Nomad

cartão nomad

  • Cartão virtual para fazer compras online
  • Economia de até 10% nas compras internacionais em comparação com o cartão de crédito convencional
  • Anuidade zero
  • Aceitação em mais de 180 países
  • Compatibilidade com as principais carteiras digitais
  • Acesso a uma conta global gratuita em dólar

Como fazer saques com o cartão Nomad?

Numa viagem internacional, o aconselhável é ter mais de um método de pagamento para não passar perrengue lá fora. Sendo assim, você também pode realizar saques com o cartão de débito Nomad em caixas eletrônicos. Os saques em terminais da rede Allpoint são ilimitados e gratuitos.

Nas demais redes os dois primeiros saques do mês são gratuitos, mas pode haver taxas do terminal. A partir do terceiro saque, é cobrada uma taxa de US$ 5.

Leia também:

Conta digital Nomad

Antes de ter o cartão de débito, você vai precisar criar a conta digital Nomad. O processo para a abertura da conta é 100% digital e pode ser feito sem a necessidade de ter um endereço nos Estados Unidos.

Não há taxa para abertura e nem para a manutenção, e ela não exige movimentações periódicas. Desta forma, você pode utilizar a Nomad como uma conta para reservar dólares e de pouco a pouco juntar o suficiente para uma viagem internacional.

Taxas da Nomad

Embora a conta Nomad não cobre taxa de abertura e manutenção, ela cobra uma taxa operacional para converter o real para o dólar, além do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Essa taxa de serviço varia entre 1% e 2%, dependendo do nível do cliente no Nomad Pass — que falaremos mais a frente. Já o IOF para compra de dólar é fixo em 1,1%. A Nomad utiliza a cotação do dólar comercial.

cartão nomad  cartão nomad

Para quem tem conta-investimento, o IOF é de 0,38% para aplicações em renda fixa e ações.

A Nomad promove algumas campanhas que chegam a zerar a taxa operacional, até mesmo para os clientes sem nível alto no Nomad Pass. Por isso, vale a pena conferir no aplicativo antes de converter dólares para ver se não há nenhuma promoção vigente.

Conta investimento

A Nomad também oferece uma conta-investimento para seus clientes. Com esta conta, é possível realizar aplicações em dólares em ativos da bolsa de valores dos Estados Unidos, renda fixa e fundos selecionados. O valor investido e o rendimento são em dólares.

Além disso, os valores aplicados contam com a proteção do Securities Investor Protection Corporation (SIPC), que dá a cobertura de até US$ 500 mil.

Como mandar dinheiro para a conta Nomad?

Transferências para a Nomad só podem ser feitas por meio de PIX ou TED. O depósito em espécie só é possível nos Estados Unidos. Na conta, depois de transferir os reais, você terá que converter o valor para dólar. Além disso, você precisará de, no mínimo, R$ 500 para fazer a operação.

Há duas tarifas embutidas na conversão do dólar: IOF de 1,1% e uma taxa operacional, que é determinada pelo seu nível no programa Nomad Pass. Quanto mais você deposita na Nomad, mais esta taxa operacional diminui. Veja passo a passo como mandar dinheiro para a sua conta:

  • Clique em “Adicionar dinheiro”, você receberá os dados de agência e conta da Nomad
  • Com esses dados em mãos, vá até o aplicativo do seu banco para fazer o Pix.
  • Procure pelo banco Ourinvest
  • Ponha as informações da sua conta
  • Verifique se seus dados estão corretos e confirme
  • Em alguns segundos, o valor estará disponível na sua conta Nomad para a conversão

Nomad Pass

O Nomad Pass é o programa de fidelidade da Nomad. O programa tem 5 níveis e os clientes sobem de nível de acordo com a quantia de dólares depositados. Cada nível desbloqueado garante mais vantagens, como a redução da taxa operacional.

A partir do nível 2, os clientes têm direito a emissão gratuita do cartão físico e acesso à sala VIP Nomad* no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

*O acesso à sala VIP para clientes dos níveis 2 e 3 no Nomad Pass é promocional, válido por tempo limitado.

Cada US$1 enviado equivale a 1 ponto Nomad Pass. Portanto, para juntar 1.000 pontos, é necessário mandar US$ 1.000.

Nível Pontuação
1 Até 1.000
2 1.000 a 5.000
3 5.000 a 10.000
4 10.000 a 20.000
5 20.000 ou mais

Benefícios da conta Nomad

  • Abertura de conta 100% online, com rápida aprovação
  • Assegurada pelo FDIC (seguro dos depósitos bancários nos EUA)
  • Taxa de câmbio comercial
  • Cartão de débito internacional gratuito
  • Transações em dólar americano
  • Conta Investimento
  • Saques gratuitos e ilimitados na rede Allpoint
  • Sala VIP Nomad no Aeroporto de Guarulhos

Como abrir a conta Nomad?

cartão nomad

Ainda não tem uma conta Nomad? Você pode abrir agora mesmo uma conta grátis e ainda ganhar até US$ 20 de bônus. É bem simples:

  • Clique aqui para baixar o aplicativo da Nomad
  • Digite as informações solicitadas
  • Insira o código MELHORESDESTINOS20 quando solicitado o código de convidado (não pule esta parte!)
  • Digite seus dados pessoais
  • Envie a foto do documento

Feito tudo isso, sua conta Nomad estará aberta. O bônus é de 2% do valor da sua primeira remessa em dólar, limitado a até US$20, pago em até 15 dias úteis após a transação inicial.

Nomad vs Wise

cartão nomad

Nomad e Wise são as contas digitais mais utilizadas para quem costuma viajar para o exterior. A principal diferença entre as duas é que a Wise é multimoeda — é possível mandar mais de 50 moedas diferentes na conta. E enquanto isso, a Nomad só oferece conta em dólar.

Em contrapartida, a Nomad conta com vantagens exclusivas, como a redução na taxa de serviço mediante pontuação no Nomad Pass e acesso a uma sala VIP exclusiva no Aeroporto de Guarulhos, além de opções de investimento em dólar.

Leia também:

Wise x Nomad: qual conta digital internacional é a melhor? 

É seguro abrir conta na Nomad?

cartão nomad

Assim como os bancos brasileiros possuem o FGC (Fundo Garantidor de Crédito), a Nomad é assegurada pelo FDIC (Federal Deposit Insurance Corporation), uma instituição que garante os depósitos bancários no país. O FDIC oferece cobertura de até US$ 250 mil. A conta-corrente da Nomad é regulada pelo Community Federal Savings Bank, membro do FDIC.

A conta investimento é aberta em conjunto com a corretora Drive Wealth, que é regulada pela FINRA (Financial Industry Regulatory Authority), que protege os investidores de fraudes no mercado financeiro.

No Brasil, o correspondente bancário é o banco Ourinvest (chamado agora de Ouribank) para realizar as operações de câmbio no aplicativo. Por fim, se for necessário falar diretamente com a Nomad, há suporte em português 24/7. Você pode entrar em contato por meio da ouvidoria, do telefone (11) 4200-0204 e do chatbot no site da Nomad (clique aqui).

app melhores cartões Baixe grátis o nosso app

Seja notificado imediatamente sempre que surgir uma nova promoção

ícone newsletter E-mail diário com promoções

Receba no fim do dia um resumo com as melhores ofertas do dia, as principais notícias e dicas para economizar

ícone newsletter Comunidade grátis no Telegram

Receba as promoções sempre que forem publicadas no site e participe da nossa comunidade