Daniel Gadelha
03/11/2021 às 10:04

Falta de chips afeta a emissão de cartões de crédito, e agora?

A escassez de chips semicondutores, que atingiu em cheio as montadoras de veículos, agora chegou à industria de cartões de crédito. No Brasil, esse mercado movimenta cerca de 2 trilhões de reais por ano e envolve bancos, fintechs e varejistas. A falta da matéria-prima reduziu para quase zero os estoques dos emissores de cartões que costumava ser o suficiente para atender a demanda de novos cartões por até três meses.

Receber um novo cartão pode demorar até 30 dias

O recebimento de um novo cartão pode levar até um mês em alguns casos, o que gera transtornos para os usuários que ficam impedidos de realizar compras e não conseguem pagar por serviços que estavam cadastrados no cartão antigo como Netflix, Spotify e outras plataformas.

O problema afeta ainda as maquininhas de cartões que também utilizam chips. A previsão de especialistas é de que a crise possa durar até dois anos. “Todos os emissores que precisam cartões com chip estão com problemas, assim como os credenciadores, que precisam de maquininhas para aceitar o cartão e que não estão disponíveis por falta de chip”, comentou um executivo à frente de uma empresa do setor que não quis se identificar à revista Exame.

O que dizem os bancos

A Exame entrou em contato com os emissores de cartões Bradesco, Porto Seguro, Itau Unibanco, Santander e Caixa para comentarem o assunto e recebeu as seguintes respostas:

O Bradesco admitiu que durante o mês de setembro registrou alguns atrasos na entrega dos seus cartões, devido à falta de matéria-prima. No entanto, o banco garantiu que a situação já se encontra normalizada e que os cartões estão sendo entregues nos prazos previstos.

Já a Porto Seguro confirmou que a emissão dos seus cartões está sujeita a atrasos devido à falta de matéria-prima no mercado. A companhia disse também que está trabalhando com seus fornecedores para normalizar a situação o quanto antes.

Por fim, o Itaú Unibanco disse que a falta de chips não foi sentida pelo banco e que está emitindo cartões normalmente. Os bancos Santander e Banco do Brasil preferiram não comentar o assunto e a Caixa não respondeu até a conclusão da matéria.

Com informações do portal Exame.


E você, pediu algum cartão recentemente e notou uma demora maior que o normal? Comente e participe.

Veja também:

app melhores cartões Baixe grátis o nosso app

Seja notificado imediatamente sempre que surgir uma nova promoção

ícone newsletter E-mail diário com promoções

Receba no fim do dia um resumo com as melhores ofertas do dia, as principais notícias e dicas para economizar

ícone newsletter Comunidade grátis no Telegram

Receba as promoções sempre que forem publicadas no site e participe da nossa comunidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *