Bruno Rocha
06/01/2023 às 16:59

É possível pagar o IPVA 2023 com cartão de crédito?

Começo de ano não dá trégua para o bolso, né? Entre várias contas que chegam, está lá ele, o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor). Mas será que é possível pagar o IPVA de 2023 usando o cartão de crédito?

Para explicar as possibilidades, vou usar como exemplo a cobrança do imposto em São Paulo, onde eu moro, mas vale lembrar que assim como o percentual do imposto, as regras para pagamento também variam entre os estados.

Mas, já adiantando a resposta dessa pergunta principal: sim, você pode pagar o IPVA com o cartão em SP.

Posso pagar o IPVA parcelado no cartão de crédito?

Desde 2019, o governo de São Paulo permite o pagamento parcelado do IPVA usando o cartão de crédito, por meio de empresas credenciadas.

São elas:

  • PINPAG
  • GIRO PAGAMENTOS
  • ASTEROIDE
  • TAKI
  • ZIGNET
  • ZAPAY
  • CDX
  • PARCELENAHORA
  • RATEIO DIGITAL
  • VAMOS PARCELAR

É importante dizer que se você optar por essa forma de pagamento, precisará arcar com taxas, mesmo que seja para pagamento à vista, e até juros, se quiser parcelar. Cada empresa tem sua própria regra com relação a essa cobrança

Você pode conferir todas as informações e links para as parceiras acessando a página da Secretaria da Fazenda de SP – clique aqui.

Parcelamento com aplicativos de pagamento

Essa é uma outra opção que você pode usar para parcelar o seu IPVA com o cartão. Vou exemplificar com dois apps/sistemas que uso e que permitem o parcelamento direto, sem a necessidade de gerar boleto de pagamento.

PicPay

Para pagar pelo PicPay, dá para ir diretamente no aplicativo e seguir o seguinte caminho: Pagar > Multas e IPVA > preencher a placa do veículo que quer consultar. Aí é só conferir as informações e escolher a forma de pagamento e o número de parcelas.

Se preferir, clique ou toque nas imagens para ampliar.

Para abrir uma conta no PicPay – clique aqui

Veloe

O Veloe é um sistema de tags de pedágios e estacionamentos, que tem em sua plataforma a opção de pagamento parcelado do IPVA.

O caminho também é bem simples e pode ser feito diretamente no aplicativo: na página inicial, basta escolher a opção “Parcelar débitos e multas”. Na tela seguinte, você já poderá escolher um veículo registrado na sua conta que tenha a tag do Veloe ou preencher a placa de outro que não tenha.

Inclua o estado em que o veículo está registrado, aceite os termos e toque em “Consultar”. Confira os valores, escolha o número das parcelas e toque em “Pagar”. Clique ou toque nas imagens para ampliar.

Veja que tanto o PicPay quanto o Veloe são ligados ao parceiro Zapay, que consta na lista do governo do estado de SP, e mesmo assim têm taxas diferentes, que podem custar bons reais a mais, no fim das contas.

No exemplo que usei, o IPVA calculado pelo estado é de R$ 1.005,26.

No PicPay, o pagamento à vista ficaria R$ 1.055,42, já que teria apenas a incidência dos 4,99% de taxa que app cobra para pagamentos com cartão. Parcelando em 12 vezes, esse valor já saltaria para R$ 1.388,16 (38% mais caro que o valor original).

Com o Veloe o custo é um pouco menor. À vista no cartão, seria necessário pagar R$ 1.054,02 (4,85% a mais). Em 12 parcelas, o valor final fica R$ 1.315,58 (quase 31% a mais em taxas).

Comparando os dois, a maior diferença, que é encontrada no parcelamento de 12 vezes, é de R$ 72,58! Isso representa quase a metade do valor do licenciamento do veículo em São Paulo, que é de R$ 155,23.

Ou seja, vale sempre a boa e velha pesquisa, mesmo quando não temos a chance de fugir das taxas.

Importante: os aplicativos de pagamento aumentaram taxas para pagamentos com cartão de crédito, e alguns cartões deixaram até mesmo de pontuar nos programas de fidelidade com essas transações, como os do Itaú.

LEIA TAMBÉM:

Se no seu estado for possível gerar um boleto para o pagamento do IPVA, você também pode usar esse caminho e pagar até com outros aplicativos, como Ame, Recarga Pay, 99 Pay e Mercado Pago.

Outra alternativa é gerar um boleto para crédito em conta com o valor do imposto, como os dos bancos digitais, e parcelar no app que preferir.

Porém, seja à vista com o cartão ou com qualquer forma de parcelamento do seu IPVA em 2023, uma coisa é certa: você vai pagar mais caro por ele. Por isso, sempre que possível, faça um planejamento para ter uma reserva para quitar o imposto à vista ou, no máximo, usar o parcelamento já permitido pelo governo, em até 5 vezes, que é feito sem juros (mas também sem desconto).


E aí, no seu estado também dá para pagar o IPVA com o cartão de crédito? Você vai optar por essa forma de pagamento em 2023? Comente e participe com a gente!

Para acompanhar dicas, novidades e promoções sobre cartões de crédito, milhas, pontos e cashback, inscreva-se no Telegram do Melhores Cartões e siga o nosso perfil no Instagram @melhorescartoes.

app melhores cartões Baixe grátis o nosso app

Seja notificado imediatamente sempre que surgir uma nova promoção

ícone newsletter E-mail diário com promoções

Receba no fim do dia um resumo com as melhores ofertas do dia, as principais notícias e dicas para economizar

ícone newsletter Comunidade grátis no Telegram

Receba as promoções sempre que forem publicadas no site e participe da nossa comunidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *