logo Melhores Destinos

Conheça o significado dos números do seu cartão de crédito

João Goldmeier
24/07/2021 às 13:36

Conheça o significado dos números do seu cartão de crédito

Todo cartão de crédito tem uma numeração única que vai de 13 a 16 dígitos. Neles estão contidas informações como bandeira, banco emissor, conta e identificação do titular, além dos números de segurança (CVV). Mas você já se perguntou o que esses número significam? Conheça agora o significado dos números do cartão de crédito.

Sistemas de numeração dos cartões

Os números dos cartões de crédito não são alinhados de forma aleatória, imagine a bagunça que seria se cada banco pudesse escolher como dispor os números! Eles seguem um padrão pré-estabelecido pela Organização Internacional de Padronização na norma ISO 7.812. Com isso podem garantir uma aceitação no mundo todo de forma segurança.

A grande maioria dos cartões de crédito utiliza o mesmo sistema, com 4 blocos de 4 dígitos, num total de 16 números, além de 3 dígitos de segurança impressos no verso. Este é o sistema adotado pelas bandeiras Mastercard, Visa e Elo no Brasil.

Porém os cartões de crédito da American Express seguem um sistema sui generis: o primeiro bloco tem 4 dígitos, o segundo 6 dígitos e o último 5 dígitos (total de 15 números). Além disso são 4 números de segurança (CVV), impressos no lado da frente do cartão.

Em outros países os cartões Diners também têm menos números no total, o que ocorre também com algumas das bandeiras acima dependendo de onde o cartão é emitido.

Neste post vamos trazer as informações baseados nos cartões mais comuns, de 16 dígitos, embora algumas se apliquem a todos os tipos de cartão.

Bandeira

O primeiro dígito do cartão determina a bandeira, sendo que aqui no Brasil nós temos as seguintes numerações:
Cartão Numeração inicial
American Express 3
Visa 4
Mastercard 2 e 5
Elo 6

Tudo muito bem, tudo muito organizadinho, mas quando fui conferir a informação com os meus cartões, surpresa: os cartões dos bancos digitais C6 e Inter, ambos da bandeira Mastercard, têm numeração iniciando com 2. Entrei em contato com a Mastercard que informou o seguinte:

“Normalmente, os cartões emitidos com a bandeira Mastercard, encontrarmos a numeração iniciada em 5. Entretanto, não devemos considerar apenas o primeiro digito, mas sim o BIN – que atualmente são os 6 primeiros dígitos.”

“Nesse aspecto, é importante destacar para o fato de que nem todos os cartões que começam com 5 serão da Mastercard, dependendo dos ranges disponibilizados para a companhia pela ISO. Como em 2015 a empresa também ganhou da ISO o direito a alguns ranges iniciados por 2, existem sim cartões da Mastercard cuja numeração será iniciada pelo número 2, sem que isso seja indício de qualquer anormalidade”.

Então a indicação da bandeira não é tão precisa, embora funcione na maior parte das vezes.

Instituição bancária

Após a identificação da bandeira, a sequência da segunda à sexta posição dos números indica qual instituição bancária emitiu aquele cartão. Essa sequência também é conhecida por BIN (sigla em inglês para Número de Identificação Bancária) ou ainda IIN (sigla em inglês para Número de Identificação do Emissor). Sabe aquelas promoções de compras online que oferecem pontuação extra ao utilizar um determinado cartão? É graças a essa parte do número que o cartão é validado, ou seja, tudo muito bem pensado.

Cliente

Do 7° ao 15° dígito ficam os números que identificam o titular daquele cartão. Através dele as instituições financeiras podem saber a agência bancária (caso possua) e os tipos de operações autorizadas para aquele cartão.

Dígito verificador

Mas o grande barato da numeração dos cartões de crédito está no último número, o chamado dígito verificador. Criado pelo engenheiro da IBM Hans Peter Luhn em 1954, ele serve como fator de segurança e seu cálculo leva em conta todos os números anteriores. Ou seja, se você errar um número na digitação, a conta com o dígito verificador não fecha e você vai receber uma mensagem de erro. É isso que impede que golpistas criem uma sequência aleatória e saiam fazendo compras por aí.

O que é o CVV?

Além dos 16 dígitos, o cartão ainda possui três outros números (quatro no caso do Amex), geralmente impressos na parte de trás do cartão (na frente do Amex, porque ele é diferentão). Esse é o chamado CVV (da sigla em inglês para valor de verificação de cartão).

No dia a dia você nem utiliza o CVV, passa ou aproxima o cartão na maquininha e digita a senha. Mas quando vai fazer uma compra online certamente vai precisar inserir esse número para poder validar a transação.

Um detalhe: o CVV nunca é gravado no cartão, sempre vem impresso (ou nem vem nos casos de cartões sem numeração). Isto é uma medida para aumentar a segurança do cartão.

Bônus: por que o cartão tem data de validade?

Os números que faltavam do cartão de crédito se referem à validade, embora alguns cartões tenham ainda a data desde quando o titular é cliente da instituição bancária. Mas… já parou para pensar por que o cartão de crédito tem validade?

O cartão de crédito tem validade por três motivos:

  1. Desgaste: com o uso e o passar do tempo o cartão de crédito começa a descascar e os números perdem a camada prateada ficando difíceis de ler;
  2. Segurança: quanto mais tempo usando um mesmo cartão, mais chances dos seus dados serem corrompidos em vazamentos de sites ou outros esquemas de golpistas. Trocar de cartão periodicamente é uma medida que aumenta a segurança do cartão;
  3. Novas oportunidades para o cliente: depois de algum tempo o banco pode entender que você merece um cartão melhor, um upgrade ou o contrário, que o seu perfil não se adequa àquele produto. Com a validade expirando, não precisa nem dar explicações para terminar um relacionamento (que triste!).

Eu confesso que só tinha uma ideia sobre a numeração dos cartões de crédito, achei muito legal a história do dígito verificador. E vocês? Comentem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *